Águeda: primeira autarquia portuguesa a subscrever a Declaração Cidade de Hamburgo

No âmbito da participação na Conferência de Hamburgo para as Alterações Climáticas e na primeira Conferência Anual do Pacto de Autarcas a Câmara Municipal de Águeda foi a primeira autarquia portuguesa a subscrever a Declaração Cidade de Hamburgo.

Esta declaração reafirma o papel das cidades como principais agentes no combate às alterações climáticas, compromete os seus signatários a aplicar medidas para atenuar as suas consequências e reforça a necessidade de aprovação do compromisso para manter o aquecimento global abaixo dos 2ºC.

A Declaração de Hamburgo será enviada à Cimeira de Copenhaga que, entre 7 e 18 de Dezembro, reunirá todos os líderes mundiais no debate das novas metas de combate ao aquecimento global.

Na Conferência de Hamburgo Águeda foi representada pelo presidente da Câmara, Gil Nadais, e pela responsável pela Agenda 21 Local de Águeda, Célia Laranjeira. O evento teve lugar de 16 a 18 de Outubro e serviu para abordar várias questões relativas às alterações climáticas, com particular ênfase para o impacto das mesmas nas cidades e nos recursos naturais. Estiveram presentes 290 participantes, provenientes de várias cidades de todo o mundo como Helsínquia, Munique, Moscovo, Estocolmo, Albuquerque (EUA), entre muitas outras. De Portugal estiveram representados os municípios de Águeda e Cascais.

Tal como frisado pelo presidente da autarquia de Águeda, Gil Nadais, a presença na conferência revelou-se de extrema importância, não só pelos “possíveis efeitos que as alterações climáticas podem causar sobre o território concelhio” mas também porque “a Autarquia acompanha com atenção esta temática procurando minimizar o impacto das nossas acções sobre o Planeta, bem como prevenir as consequências do aquecimento global em Águeda”.

Mais uma vez ficou patente perante altos dignitários europeus o empenho do Município de Águeda em prol da sustentabilidade, dando continuidade a uma governação sustentável que pretende promover um uso eficiente do espaço, da energia e dos recursos naturais, fomentar o balanço social e a qualidade de vida, a inovação e a robustez económica, sendo parte activa a nível local, e global, no combate às alterações climáticas.

Mais informações sobre a presença de Águeda na Conferência de Hamburgo, aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: