Dia Mundial das Zonas Húmidas celebrado em Águeda com o anúncio oficial da classificação da Lagoa da Pateira e Vales dos rios Águeda e Cértima como Zona Húmida de Importância Internacional

garças.2A Convenção de RAMSAR reconhece a nível mundial as áreas que, devido aos seus ecossistemas naturais, culturais e sociais, são fundamentais para o equilíbrio das regiões e que importa preservar e valorizar. Com a Classificação da Lagoa da Pateira de Fermentelos e da Ribeira do Vascão passaram a ser trinta os Sítios designados em Portugal no âmbito da Convenção Internacional de Ramsar para a proteção das zonas húmidas, abrangendo um total de 132.471 hectares.

A classificação da lagoa da Pateira foi formalmente anunciada nas margens da lagoa, a 1 de fevereiro, em conferência de imprensa pelo Presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, e pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), representado por João Carlos Farinha. O Município de Águeda foi promotor da candidatura, que abrange ainda o vale do rio Cértima, a montante da Pateira, e as várzeas do rio Águeda que com ela comunicam, num total de 1.559 ha.

A designação de zona húmida engloba diversos ecossistemas relacionados com uma grande variedade de ambientes extremamente dinâmicos com características biológicas, físico-químicas e geomorfológicas que interagem entre si. Estas áreas, tanto em zonas costeiras como de zonas mais interiores, têm como principal característica o facto de serem inundáveis permanente ou temporariamente, zonas que albergam uma elevada e específica biodiversidade representando ecossistemas que, devido à sua multifuncionalidade, são fundamentais para o equilíbrio das regiões. Estas áreas que oferecem uma grande variedade de paisagens, usos e atividades, estão entre os ecossistemas mais produtivos contudo, em simultâneo, apresentam-se também como os mais vulneráveis à ação e intervenção antrópica, encontrando-se entre os mais modificados e ameaçados, colocando em perigo as funções ecológicas que desempenham e o suporte à vida e atividade antrópica.

A lagoa da pateira viu assim reconhecidos os seus valores naturais e conservacionistas, ficando no mapa internacional das Zonas Ramsar, muito procuradas por turistas ligados sobretudo ao turismo em natureza.

A Convenção sobre Zonas Húmidas constitui um tratado intergovernamental adotado em 2 de fevereiro de 1971 na cidade iraniana de Ramsar e foi o primeiro dos tratados globais sobre conservação, contando atualmente com 164 países contratantes, em todos os continentes. Portugal ratificou a Convenção Ramsar em 1980.

Saiba mais sobre a Convenção de RAMSAR
Conheça quais as àreas Portuguesas classificadas como Zonas Húmidas de Importância Internacional

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: