Quercus promove ação de controlo de espécies invasoras em Águeda

No dia 3 de junho, a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza irá promover mais uma ação de controlo de espécies invasoras no Projeto Cabeço Santo, em Belazaima do Chão, Águeda.

Na semana em que o Município de Águeda comemora o Ambiente e a Sustentabilidade, a Quercus dinamiza uma jornada de voluntariado para efetuar o corte e o descasque de acácias.

Com esta ação pretende-se promover nos voluntários o gosto pela floresta, através da tomada de consciência do papel ativo que podem ter na reflorestação das áreas ardidas e invadidas por plantas invasoras.

A organização oferece o almoço e lanche.

A ação inicia-se às 9h00 e as atividades prolongar-se-ão até às 18h00.

Para mais informações, contactar:

Eng. Paulo Domingues, Coordenador do Projeto Cabeço Santo

968750155 | cabecosanto@quercus.pt

Para mais informações, consulte https://ecosanto.wordpress.com/ e https://www.cm-agueda.pt/frontoffice/pages/49?event_id=2098

sem_amb4_prog

Seminário :: Introdução à Norma Passive House

O Município de Águeda vai receber no próximo dia 9 de junho, das 14h00 às 18h00, o Seminário de entrada livre “Introdução à Norma Passive House”.

São objetivos desta iniciativa:  divulgar o conceito Passive House; identificar os princípios e requisitos Passive House e as particularidades da adaptação da norma a Portugal; divulgar a Associação Passivhaus Portugal – PHPT, bem como divulgar produtos e soluções adequadas à Passive House.

A sessão é gratuita, sujeita a inscrição prévia.

Programa: 20170609_seminario_INPH_Agueda

Inscrições: https://goo.gl/OayUtD

sem_amb4_prog

Semana do Ambiente & Sustentabilidade 2017

No âmbito da Semana do Ambiente e Sustentabilidade, a Câmara Municipal de Águeda vai dinamizar um conjunto de atividades que procuram mobilizar diversas entidades e cidadãos para uma cidadania mais ativa e interventiva, geradora de uma mudança positiva.

sem_amb4

sem_amb4_prog

Consulte o Programa Semana do Ambiente e Sustentabilidade 2017!

Visita ao Projeto Cabeço Santo

unnamed

No dia 20 de maio, próximo sábado, realizar-se-á a jornada anual de visita ao Projeto Cabeço Santo. A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza irá dinamizar uma caminhada para conhecer este importante projeto de regeneração ecológica de Águeda.

Será uma visita guiada e gratuita para observar os resultados e os desafios de um projeto de recuperação ecológica e paisagística, que visa a criação de um mosaico de áreas de conservação numa área intensamente aproveitada para o cultivo florestal de uma espécie exótica: o eucalipto. Os participantes poderão ver diferentes habitats: rupícola, o matagal atlântico e o bosque caducifólio, bem como conhecer as áreas de conservação unidas por corredores ecológicos, coincidentes com os cursos do ribeiro e dos principais vales.

Os visitantes podem observar o resultado dos trabalhos realizados nos últimos anos e o impacto positivo dos apoios da Câmara Municipal de Águeda, do Espaço Talassa, da Zoofeira, da Critec, da Barclaycard, da Altri e da Associação Florestal do Baixo Vouga, no desenvolvimento do projeto.

A atividade é gratuita. O ponto de encontro é no parque de merendas de Belazaima do Chão, pelas 8h45.

Para inscrições contactar através do e-mail cabecosanto@quercus.pt ou do telemóvel 968750155. 

Para mais informações, consultar a página https://www.facebook.com/cabecosanto/

966 551 372 | cabecosanto@quercus.pt | aveiro@quercus.pt

Casa do Ambiente de volta à EB de Valongo do Vouga

P1270140_1_725_999

 

No âmbito da comemoração do Dia da Terra e do programa Eco-Escolas, o Município de Águeda, em colaboração com a Casa do Ambiente da ERSUC, promoveu 16 sessões de sensibilização ambiental e educação para a sustentabilidade na Escola Básica de Valongo do Vouga.

A Casa do Ambiente esteve de dia 24 a 28 de abril na EB de Valongo do Vouga. Nas 16 sessões realizadas, 325 alunos do pré-escolar ao 5.º ano ficaram a conhecer todo o processo de gestão de resíduos, em particular o processo de separação, deposição e encaminhamento dos resíduos depositados nos ecopontos. Durante as sessões foram distribuídos aos alunos kits de reciclagem oferecidos pelo município, sensibilizando-os para a contribuição que podem e devem dar para o correto encaminhamento dos resíduos.
A Casa do Ambiente é uma estrutura móvel adaptada para sessões, que tem como finalidade sensibilizar as pessoas, particularmente os mais jovens, para a necessidade de aproveitar, reutilizar e reduzir a produção de resíduos urbanos, especialmente os recicláveis tais como cartão/papel, embalagens metálicas, plástico e vidro. A ideia é procurar contribuir para a defesa do ambiente e para o aumento da qualidade de vida, diminuindo o confinamento ou a destruição irreversível dos resíduos urbanos.

Águeda celebra o Dia da Terra com Caminhada da Sustentabilidade

semana_amb_suste_1_725_999

No dia 21 de abril, Águeda comemorou o Dia da Terra com uma caminhada sustentável pelas artérias da cidade, que envolveu 270 alunos da EB de Águeda/Chãs e da EB Fernando Caldeira.

A Caminhada da Sustentabilidade resulta de uma parceria entre o projeto Eco-Escolas do Agrupamento de Escolas de Águeda e o Município de Águeda. Desde 2009 que a autarquia promove e apoia a realização de diversas atividades que visam assinalar o Dia Mundial da Terra, que se celebra a 22 de abril, criado em 1970 pelo senador norte-americano Gaylord Nelson para protestar contra a poluição, depois do desastre petrolífero de Santa Bárbara, na Califórnia, em 1969.

Os alunos partiram das escolas para uma caminhada pela cidade rumo ao Largo do Município, onde o grupo, à semelhança de anos anteriores, se juntou simbolizando um “abraço ao Planeta”. Além da caminhada, os alunos expuseram cartazes alusivos aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e mensagem de sensibilização ambiental.

A iniciativa teve como objetivos divulgar a importância de andar a pé, enquanto mobilidade sustentável em meio urbano e alertar a comunidade de Águeda para os ODS. Também se inseriu no âmbito das Global Action Days, que visam dar a conhecer várias ações e projetos em prol do ambiente que as eco-escolas realizam no seu dia-a-dia, em especial as que têm mais intervenção na comunidade escolar e/ou envolvente.

Objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS)
Foram concluídas em agosto de 2015 as negociações que culminaram na adoção, em setembro, dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), por ocasião da Cúpula das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável. Processo iniciado em 2013, seguindo mandato emanado da Conferência Rio+20, os ODS deverão orientar as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional nos próximos quinze anos, sucedendo e atualizando os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).

grafico_1_725_999

Objetivo 1 – Erradicar a pobreza
Objetivo 2 – Erradicar a fome
Objetivo 3 – Saúde de qualidade
Objetivo 4 – Educação de qualidade
Objetivo 5 – Igualdade de género
Objetivo 6 – Água potável e saneamento
Objetivo 7 – Energias Renováveis e Acessíveis
Objetivo 8 – Trabalho Digno e Crescimento Económico
Objetivo 9 – Indústria, inovação e infraestruturas
Objetivo 10 – Reduzir as desigualdades
Objetivo 11 – Cidades e comunidades sustentáveis
Objetivo 12- Produção e Consumo Sustentáveis
Objetivo 13 – Ação Climática
Objetivo 14 – Proteger a Vida Marinha
Objetivo 15 – Proteger a Vida Terrestre
Objetivo 13 – Ação Climática
Objetivo 14 – Proteger a Vida Marinha
Objetivo 15 – Proteger a Vida Terrestre
Objetivo 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes
Objetivo 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos

Município de Águeda promove workshop de birdwatching

4-Birdwatching_2017_A3_v2_1_725_999

 

O Município de Águeda realiza, a 27 e 28 de maio, a terceira edição do workshop de birdwatching, com uma sessão mais teórica, no primeiro dia, e uma prática, no segundo, que inclui uma saída de campo à lagoa da Pateira de Fermentelos.

A realização anual de um workshop para observação de aves na Pateira de Fermentelos, entre outras ações e projetos, integra a estratégia municipal para a promoção do turismo de natureza, preservação dos habitats naturais e educação ambiental.

Esta iniciativa, já realizada em 2015 e 2016, ministrada sempre por um formador especializado, tem permitido aos participantes obter informações sobre a modalidade, quer teóricas, em ambiente de sala, quer práticas, através da observação de aves in loco.

Na edição deste ano pretende-se, para além de capacitar os participantes para a identificação das espécies de aves, reforçar a transmissão de conhecimentos relativos ao ecossistema Pateira de Fermentelos, enquanto área classificada da Rede Natura (Zona de Proteção Especial da Ria de Aveiro e Sítio de Importância Comunitária da Ria de Aveiro) e Zona Húmida de Importância Internacional para as Aves Aquáticas (Convenção de Ramsar).

A sessão teórico-prática, que decorrerá no dia 27 de maio na sala de formação da Câmara Municipal de Águeda, abordará conteúdos como habitats e grupos de fauna e flora, informações básicas para a observação de aves, espécies de avifauna que ocorrem na Pateira de Fermentelos, havendo ainda uma pequena saída de campo. No domingo de manhã, o percurso aquático previsto no programa tem como finalidade a observação de aves e visita ao sítio Ramsar “Lagoa da Pateira de Fermentelos e Vales dos Rios Águeda e Cértima”, espaço de excelência para a prática da atividade.

Dirigida a todos os interessados em observação e interpretação da natureza e das aves, as inscrições são gratuitas, mas limitadas e obrigatórias, devendo ser efetuadas até 24 de maio, através do 234 180 197 ou dv-as@cm-agueda.pt .