Semana do Ambiente e Sustentabilidade

:: “O Planeta Limpo do Filipe Pinto” – Peça de teatro e sessão de autógrafos

O Cineteatro São Pedro vai ser o palco, dia 2 de junho, às 14h30, da peça de teatro “O Planeta Limpo de Filipe Pinto”, que culminará com uma sessão de autógrafos.

Esta peça é um projeto de educação ambiental que pretende promover e desenvolver competências de promoção da defesa do ambiente. Filipe Pinto (vencedor do programa da SIC, Ídolos, em 2010), músico e Engenheiro Florestal, une as duas paixões profissionais neste projeto que tem percorrido o país. O espetáculo “O Planeta Limpo do Filipe Pinto” é uma adaptação para teatro dos textos da autoria de Narciso Moreira e Filipe Pinto, que vai abordar temas tão relevantes como os Solos, Água, Reciclagem e Florestas. A peça tem a produção de Betweien – Challenge and Success.

cartaz.jpg

Semana do Ambiente e Sustentabilidade

:: Caminhada e visita ao Cabeço Santo

A 21 de maio de 2016, sábado, realiza-se a jornada anual de visita ao Cabeço Santo. Será uma visita guiada e gratuita para observar os resultados e os desafios de um projeto de recuperação ecológica e paisagística que visa a criação de um mosaico de áreas de conservação numa área intensamente aproveitada para o cultivo florestal de uma espécie exótica: o eucalipto. Neste “mosaico” cabem diferentes habitats: rupícola, o matagal atlântico e o bosque caducifólio. As áreas de conservação de maior extensão são unidas por “corredores ecológicos”, coincidentes com os cursos do ribeiro e dos principais vales, dando ao conjunto uma certa unidade.

cartaz-de-visita-2016

Para mais informações e inscrições contactar através do e-mail cabsanto@gmail.com ou do telemóvel 968750155.

Saiba mais sobre o programa da Semana do Ambiente e Sustentabilidade 2016 aqui!

Semana do Ambiente e Sustentabilidade 2016

O Dia Mundial do Meio Ambiente começou a ser comemorado em 1972, com o objetivo de promover atividades de proteção e preservação do meio ambiente e alertar a comunidade de cada país para os perigos de negligenciarmos a tarefa de cuidar do meio ambiente.

No mundo em que as pessoas estão a consumir mais recursos naturais do que o Planeta pode gerar, a Câmara Municipal de Águeda, promove um conjunto de ações que visam a promoção do desenvolvimento sustentável do território. Neste âmbito, e enquadrada nas comemorações do Dia Mundial do Ambiente, o Município de Águeda promove anualmente a Semana do Ambiente e da Sustentabilidade, enriquecida com um programa de atividades que procura mobilizar diversas entidades e cidadãos para uma cidadania mais ativa e interventiva, geradora de uma mudança positiva.

Mais uma vez, a Câmara Municipal de Águeda, pelo projeto da Agenda 21 Local, agradece a todos a participação e a colaboração na Semana do Ambiente e da Sustentabilidade, salientando as entidades e parceiros que este ano enriquecem o programa com diversas e originais iniciativas!

Participe, contamos convosco!

Sem título-1

 

programa_semanadoambiente2016_vf

Mais informações e inscrições:  dv-as@cm-agueda.pt ou 234 180 197.

Autarquia de Águeda subscreve “Compromisso pela Bicicleta”

A Câmara Municipal de Águeda aceitou o desafio lançado pela Universidade de Aveiro, através da Plataforma Tecnológica da Bicicleta e Mobilidade Suave, e assinou o Compromisso pela Bicicleta, numa cerimónia que decorreu no dia 26 de abril, na Murtosa, que contou com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, José Mendes, e que já tem um vasto número de subscritores provenientes de vários pontos do país.

A Autarquia Aguedense fez-se representar pelo Vereador do Desporto, Edson Santos, que firmou o “Compromisso pela Bicicleta”. Ao aceitar este compromisso, a Autarquia subscreveu um conjunto de objetivos e desafios de forma a incentivar o munícipe no uso da bicicleta no dia-a-dia, dando assim mais um passo na conquista de uma valiosa imagem de marca: Águeda – Capital da Bicicleta.

Num concelho com forte tradição no uso das duas rodas, o Município pretende reforçar a importância que a bicicleta tem no desenvolvimento sustentável do concelho, fomentando a mudança de hábitos nos cidadãos para comportamentos mais responsáveis e saudáveis, ao mesmo tempo que se promove uma melhor qualidade de vida. Águeda é um território em que a utilização da bicicleta deve ser promovida por excelência, sendo também uma forma voltar a projetar este importante sector do Concelho. Ainda no decorrer deste ano, a Câmara Municipal vai apoiar e desenvolver um conjunto de iniciativas centradas nas duas rodas.

“Mais bicicletas, melhores cidades, sociedade e economia mais saudáveis”

Colocar na agenda pública o tema da bicicleta nas suas múltiplas dimensões é um dos compromissos da Plataforma Tecnológica da Bicicleta e Mobilidade Suave, tirando partido das competências existentes em Portugal no seio do tecido institucional, universitário, empresarial e cívico. A promoção do uso dos velocípedes como meio de transporte, aumentando em 10% a quota modal da bicicleta (que atualmente representa 0,5% do total das deslocações casa-trabalho/escola), e a redução do número de automóveis nas deslocações diárias (reduzir em 10% o número de deslocações em veículo individual), assim como a diminuição da sinistralidade rodoviária são alguns dos objetivos desta iniciativa. Ao incentivar o uso da bicicleta estimula-se ainda estilos de vida mais saudáveis e fomenta-se o combate à obesidade, reduz-se as emissões e a dependência energética dos combustíveis fósseis, da mesma forma que se qualifica e humaniza o espaço público das cidades.

O compromisso, com periodicidade anual, contém ainda nove desafios, subscritos pela Autarquia de Águeda, que são também uma tentativa de mudar mentalidades. Desta forma, foram identificadas iniciativas que podem funcionar como motes para atividades a desenvolver pelos subscritores. Na listagem apresentada consta, a título exemplificativo, a realização de debates, estudos e investigação sobre a mobilidade ou a promoção de eventos, assim como a promoção de medidas de partilha de viatura e iniciativas de sensibilização ou a garantia de condições para os utilizadores de bicicletas (balneários, cacifos, etc).

O desafio é de âmbito nacional e foi feito às autarquias, comunidades intermunicipais e áreas metropolitanas, universidades, organizações da administração pública, às instituições de ensino e saúde, a entidades e organizações públicas ou privadas, a organizações informais e da sociedade civil, empresas e organizações do terceiro setor a promoverem atividades em prol do uso regular da bicicleta em deslocações para o trabalho ou escola.

Poucas semanas depois da abertura das inscrições, o número de subscritores do “Compromisso pela Bicicleta” já ultrapassou a centena. De acordo com a Plataforma Tecnológica da Bicicleta, até ao momento, aderiram 15 autarquias (incluindo Águeda), uma comunidade intermunicipal, 46 empresas, sete instituições de ensino, 13 organizações do terceiro setor e oito organizações informais, além de outros 12 parceiros e apoiantes.

O Compromisso pela Bicicleta foi concebido pela Plataforma Tecnológica da Bicicleta, criada em 2014 pela Universidade de Aveiro. O projeto conta ainda com a colaboração de instituições e organizações ligadas à bicicleta, nomeadamente a Associação Nacional das Indústrias das Duas Rodas (ABIMOTA), Federação Portuguesa do Ciclismo (FPC) e Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta (FPCUB), entre outras entidades, comunicação social e vários grupos cívicos que surgiram com o intuito de fomentar o uso da bicicleta no dia-a-dia.

Em novembro, os participantes devem enviar um relatório escrito de avaliação do desafio e um poster que ilustre as atividades realizadas, identifique o número de participantes envolvidos e produz uma estimativa do impacto nos objetivos previamente definidos. A organização está ainda a prever outras iniciativas, nomeadamente a realização de um Evento Nacional “Compromisso pela Bicicleta” que incluirá uma exposição, uma conferência e um festival da bicicleta urbana.

Vereador_Edson_Santos_1_1280_720

Hortas d’Águeda :: Sabe o que cultivar no mês de maio?

5

Águeda promoveu a prática de workshop de observação de aves

O Município de Águeda promoveu workshop de observação de aves. A atividade decorreu nos passados dias 8 e 9 de abril, oferecendo momentos de inconfundível beleza onde todos os sentidos despertaram para uma nova abordagem de conviver com a natureza.

Integrado no projeto de promoção e valorização do Turismo de Natureza em Águeda, o Município acolheu nos dias 8 e 9 de abril o workshop de birdwatching.

Esta sessão foi dinamizada em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Estudos das Aves (SPEA), tendo o primeiro dia decorrido na sala do café concerto da Incubadora Cultural, no Parque Municipal de Alta Vila, oferecendo aos participantes um conjunto de noções básicas indispensáveis para a iniciação desta atividade.

O ponto alto do workshop foi a saída de campo à Pateira de Fermentelos onde foi possível, sob orientação de especialistas da SPEA, Alexandra Lopes e David Santos, observar in loco várias espécies no seu habitat natural, as características principais para a sua identificação, bem como as atitudes e comportamentos a ter de maneira a potenciar a observação de aves selvagens.

Os especialistas reconhecem a Pateira e áreas limítrofes, como um ambiente natural único privilegiado para a prática de Birdwatching, tendo sido possível observar, ouvir e identificar mais de 40 espécies de avifauna durante a saída de campo, presenciando momentos como os de uma garça-vermelha a alimentar-se, os voos majestosos de bandos de colhereiros ou de observar galeirões, garças-reais, águias-de-asa-redonda, águia-sapeira, entre tantas outras.

NotaImprensaFoto__1_725_999

Hortas d’Águeda :: Sabe o que cultivar no mês de abril?

4

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.