Desfolhada tradicional de Milho Antigo em Macieira de Alcôba

DSC_0263O Centro de Amizade Macieirense em conjunto com o Centro de Interpretação do Milho Antigo vão realizar em Macieira de Alcôba uma desfolhada tradicional de Milho Antigo, animada com a participação do Grupo de Cantares Sénior Os Pioneiros.

.
A desfolhada inicia-se às 17h30 e irá decorrer numa eira próxima do largo da associação Centro de Amizade Macieirense, junto aos espigueiros. Caso as condições climáticas sejam desfavoráveis, não desista de participar no evento pois irá ser realizada uma visita guiada ao núcleo expositivo da Aldeia Pedagógica do Milho Antigo.

Participe!

Saiba mais aqui sobre o Projeto Macieira de Alcôba: Aldeia Pedagógica do Milho Antigo.
IMG_1841

Anúncios

Cidadania empreendedora

carrinhos solaresAs Escolas Secundárias do concelho – Marques de Castilho e Adolfo Portela, promoveram a realização de um encontro com os jovens do Concelho, destinado a dar continuidade a uma ampla discussão nacional sobre o processo democrático, a cidadania, a criatividade e a promoção do empreendedorismo junto dos jovens. Esta iniciativa encontra-se enquadrada num projeto nacional intitulado “Cidadania Empreendedora”, uma iniciativa promovida pela Fundação Bracara Augusta e a Câmara Municipal de Braga, que contribui para assinalar o Ano Europeu dos Cidadãos.

O projeto tem sido acolhido, ao nível municipal, nas escolas secundárias, tendo como alvo principal os jovens alunos do ensino secundário, em sessões onde são abordadas e discutidas com os jovens do Município as temáticas já referenciadas, através de técnicas de educação não formal, em particular através do jogo. Como resultado desta dinamização e participação, o jovem vencedor do jogo ganhará como “prémio” uma ida a Braga, em dezembro, para participar no seminário final do projeto “Cidadania Empreendedora”.

O projeto já teve início no mês de junho deste ano.

Conheça as imagens disponíveis na Loja Europa Jovem.

Águeda distinguida como cidade de excelência pelo Jornal de Planeamento

beagueda1O Município de Águeda foi distinguido com o prémio “Cidade de Excelência” na II Edição do Jornal Planeamento e Cidades. A distinção surge na categoria de inovação, relativo ao projeto “Águeda, a caminho de uma Smart-city”.

A cerimónia contou com a presença do vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento do Centro (CCDRC), do diretor do Jornal Planeamento e Cidades e membro do Júri, bem como dos colaboradores da Câmara Municipal de Águeda, dado que este projeto é transversal a todos os serviços.

Na apresentação do prémio, Pedro Silva, do jornal Planeamento e Cidades, referiu que “o objetivo deste galardão é divulgar as boas práticas de requalificação dos espaços urbanos que apesar da crise persistem em se desenvolver no país”, referindo que “não foi com surpresa que Águeda teve o seu projeto «Águeda, a caminho de uma Smart-City» premiado na categoria Inovação”, já que segundo o próprio tem sido exemplo em áreas como a governança, a economia, a mobilidade (elétrica e suave), a inovação, e a habitabilidade urbana e as pessoas, revelando capacidade de “fazer e inovar”, sendo como tal merecedora do primeiro prémio.

O Presidente da Câmara, Gil Nadais, apresentou o projeto Smart-City que autarquia tem vindo a implementar, e que passa pela introdução de elementos diferenciadores com o objetivo de “pensar o território de uma forma inteligente, onde as tecnologias são colocadas ao serviço da governança, da mobilidade, da economia e do ambiente, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos munícipes”.

De recordar que também a Comissão Europeia, devido ao trabalho desenvolvido pelo Município no âmbito do Pacto de Autarcas, havia reconhecido Águeda como a potencial “primeira smart-city Portuguesa”.

Veja o vídeo de “Águeda: a primeira smart-city Portuguesa”

Saiba mais aqui.

O que é uma Smart-city?

Melhorar a Mobilidade – um Compromisso de Águeda com a Sustentabilidade

IMG_2862No âmbito da construção de um concelho mais sustentável, os Aguendeses definiram os compromissos de Águeda com a sustentabilidade, onde o 3.º Compromisso estabelecia a importância de
Melhorar a mobilidade e, como principais linhas de ação:
– Aumentar o uso dos transportes públicos.
– Privilegiar o uso de bicicletas e/ou a mobilidade pedonal.
– Investir em veículos menos poluentes.
– Garantir a acessibilidade e circulação, no espaço público, a pessoas com mobilidade condicionada.

Diagnóstico_AguedaA Estratégia de Mobilidade Sustentável para o concelho de Águeda, elaborada em parceria com o LNEC e a TIS, vem de encontro a este Compromisso e procura dar resposta às necessidades de mobilidade no concelho de Águeda, sem esquecer o interface e interligação aos concelhos vizinhos, à semelhança de outros projetos que a Autarquia tem desenvolvido.

O diagnóstico de mobilidade, a primeira etapa da elaboração desta Estratégia, encontra-se em finalização, tendo sido realizada a apresentação dos primeiros resultados no passado dia 20 de setembro, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda. Nesta sessão pública e participativa, a equipa técnica deu a conhecer o diagnóstico elaborado, e as próximas etapas deste trabalho. Houve ainda um espaço para questões e recolha de contributos entre os presentes (entre estes, representantes da CP, juntas de freguesia e outras entidades).

Participe! Envie-nos os seus contributos e opiniões para construirmos uma Estratégia de Mobilidade para o Concelho de Águeda que responda às necessidades de mobilidade dos cidadãos!

Consulte aqui a apresentação realizada.

Projeto ECOXXI – A avaliação da sustentabilidade municipal

IMG_4544Inspirado nos objetivos da Agenda 21, o prémio ECOXXI avalia através de um sistema de 21 indicadores e 65 sub-indicadores, as diversas componentes que constituem a sustentabilidade dos municípios: da gestão de recursos, à informação aos munícipes passando pela energia, mobilidade, floresta, resíduos, turismo, ordenamento do território, qualidade do ar e da água, agricultura sustentável, iniciativas locais de promoção do emprego, valoriza ainda questões como a cidadania e participação pública, o acesso à informação ou ao emprego, entre outros indicadores. Estes são avaliados por uma Comissão Nacional, compostas por diversas entidades que tutelam e intervêm em temas específicos.

No passado dia 16 de setembro, o Município de Águeda recebeu em Torres Vedras a sua quarta bandeira ECOXXI, um galardão que premeia os municípios que conseguem ficar acima dos 50% da pontuação máxima possível no índice ECOXXI. Este ano o município conseguiu obter uma classificação final de 84%, posicionando-se entre os três municípios mais pontuados a nivel nacional.

IMG_4534A melhoria contínua na avaliação do desempenho de Águeda, revela que a Autarquia está a executar um bom trabalho e contínua empenhada em obter níveis de excelência, quer no que se refere a boas práticas ambientais quer no que respeita às ações direcionadas para o desenvolvimento sustentado ao nível económico, social e ambiental, e onde Águeda fomenta ainda um ativo envolvimento e participação da população.

As candidaturas
IMG_4537Foram 32 os municípios candidatos a município ECOXXI 2013: Águeda, Alandroal, Albufeira, Aljezur, Amadora, Avis, Beja, Bragança, Caminha, Cantanhede, Cascais, Estarreja, Évora, Fundão, Golegã, Lagos, Lajes do Pico, Loulé, Loures, Lousã, Macedo de Cavaleiros, Maia, Manteigas, Mealhada, Oliveira do Hospital, Pombal, Santo Tirso, Sesimbra, Tavira, Torres Vedras, Vila Franca de Xira e Vila Nova de Gaia.

Para se candidatar ao ECOXXI, o município fornece informação relativa a 21 indicadores e 65 sub-indicadores. Esta informação documentada é relativa às ações, atividades e políticas de sustentabilidade implementadas no ano anterior, é avaliada pelos júris que integram a Comissão Nacional, onde estão representadas cerca de 30 instituições.

O resultado da candidatura resume-se num Índice global percentual de políticas de sustentabilidade segundo o referencial ECOXXI.

Conheça melhor o Programa ECOXXI aqui!

Estratégia de Mobilidade Sustentável para o concelho de Águeda

semana europeia da mobilidade 2013A Semana Europeia da Mobilidade foi lançada há 12 anos, na sequência do sucesso do Dia Europeu sem Carros, que foi estabelecido como iniciativa europeia em 2000 com o apoio político e financeiro da Comissão Europeia.

O objetivo desta iniciativa é promover uma mobilidade mais sustentável e sensibilizar o público para os impactes ambientais decorrentes da atual tendência da mobilidade urbana. Representa uma excelente oportunidade para encorajar os cidadãos a alterarem o seu comportamento no que se refere à sua escolha de modo de transporte, passando a optar por modos mais sustentáveis.

Face ao exposto, o Município de Águeda promove a elaboração de uma ESTRATÉGIA DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL PARA O CONCELHO DE ÁGUEDA, enquadrada nas orientações nacionais e regionais, e que visa responder às necessidades de mobilidade dos cidadãos no concelho de Águeda.

O diagnóstico de mobilidade, a primeira etapa desta estratégia, encontra-se em finalização, sendo que o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Águeda convida todos a estarem presentes no próximo dia 20 de setembro, às 18 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda, a fim de conhecerem o diagnóstico elaborado e reunir os contributos de todos para a construção da estratégia de mobilidade sustentável para Águeda.

Conferência “Embrace your future – Estratégias de sucesso para um desenvolvimento sustentável”

Vale de Cambra_Embrace your future_topoA Câmara Municipal de Vale de Cambra encontra-se a organizar a conferência “VALE DE CAMBRA – EMBRACE YOUR FUTURE”, que irá decorrer no dia 13 de setembro, no Centro Cultural, em Macieira de Cambra.

Vale de Cambra_Embrace your future_fundo

Trata-se de um evento que promove o empreendedorismo e o desenvolvimento sustentável local e regional, cujas inscrições são limitadas e apenas até dia 11 de setembro.

Para mais informações, consultar aqui.