d’Orfeu Associação Cultural completa 15 anos

A d’Orfeu Associação Cultural completa 15 anos no próximo dia 4 de Dezembro, data em que lançará o livro+filme “Contexto & Significado”. A sessão terá lugar no Auditório do CEFAS, em Águeda, a 4 de Dezembro próximo pelas 17h30.

O livro “Contexto”, escrito por António Pires, transporta-nos até às origens de uma associação artística que abriu novos caminhos culturais a Águeda, e “Significado – A música portuguesa se gostasse dela própria”, realizado por Tiago Pereira, pretende ser um testemunho visual contemporâneo das tradições musicais.

O programa integral de comemoração inclui ainda, a 3 de Dezembro pelas 19 horas na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a inauguração da Exposição da história gráfica da associação (centenas de cartazes de eventos desde 1995) e um convívio popular no Espaço d’Orfeu, na noite de sábado 4 Dezembro, aberto a toda a comunidade.

Para saber mais clique aqui.

Anúncios

Tradições da Serra do Caramulo editadas em livro

Vai ser apresentado no dia 11 de Dezembro, pelas 14:30, na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, o livro “O Último Povo da Serra de Alcoba”.

Reunindo e compilando as tradições locais, que vão desde o trajar até às mezinhas e provérbios, este livro, sobre a cultura serrana do Caramulo, reforça o papel fundamental que os aspectos culturais desempenham na construção de uma cidadania activa. Como as expressões culturais também fazem parte da sustentabilidade, “O Último Povo da Serra de Alcoba” é uma forma de preservar a identidade cultural do Caramulo mas também de Águeda.

Da autoria da Associação Etnográfica Os Serranos, é uma edição da ANATA e conta apoios do Ministério da Cultura, da Câmara Municipal de Águeda e da Junta de Freguesia de Belazaima do Chão.

Actividades do AparqA! alegram Alta Vila

Após cerca de três anos de actividades o AparqA! – Centro Criativo de Alta Vila não pára de dinamizar e organizar actividades que procuram educar, sensibilizar e ensinar de uma forma divertida.

Com todas estas iniciativas quem também ganha vida é o Parque da Alta Vila, um importante espaço verde bem no centro da cidade de Águeda e que, fruto do intenso trabalho dinamizado pela equipa do AparqA! e das entidades parceiras, assiste a afluências superiores a 500 visitas por semana.

Destaca-se o trabalho de parceria que a equipa do AparqA! tem vindo a realizar junto do Corpo Nacional de Escutas, da Universidade Sénior de Águeda, das Escolas Adolfo Portela e Fernando Caldeira e de outros Agrupamentos de Escolas de Águeda. As actividades, agrupadas em formação/laboratório e jogos/percurso, permitem que Águeda melhore o seu desempenho de sustentabilidade ao nível das actividades culturais e lúdicas disponíveis, bem como da promoção dos espaços verdes locais.

Continuar a ler

Águeda no Quadro de Referência para Cidades Sustentáveis

Pré-seleccionada para o grupo de oito cidades de referência, ao nível nacional, pelo Quadro de Referência para Cidades Sustentáveis, Águeda poderá vir a ser finalista deste projecto europeu que pretende monitorizar as cidades em termos de estratégias e projectos de desenvolvimento urbano sustentável.
Para esta selecção contribuíram, entre outros factores, a experiência adquirida com a Agenda 21 Local e a vontade do município em continuar a abordagem ao desenvolvimento urbano sustentável.

O Quadro de Referência para Cidades Sustentáveis é uma ferramenta disponibilizada via Web e desenvolvida com o objectivo de apoiar as cidades a preparar, monitorizar e avaliar estratégias e projectos de desenvolvimento urbano sustentável.

Continuar a ler

Aguedenses definiram os 10 objectivos de futuro

A primeira reunião do Fórum Participativo Águeda 21 serviu para os sessenta participantes definirem as principais apostas de futuro para o Município.

Os dez temas eleitos, pelos participantes no fórum, como prioritários para atingir o desenvolvimento sustentável do concelho foram as energias renováveis; a criação de emprego; o mercado de produtos locais; a agricultura sustentável; a participação dos cidadãos; o uso dos transportes públicos; a poupança de água; a eficiência energética; a oferta de turismo ecológico e os espaços verdes.

Além desta identificação os presentes foram convidados a apresentarem acções que contribuíssem para alcançar estes 10 objectivos. Estas acções tanto poderão ser desenvolvidas por entidades como instituições como pelos cidadãos a título individual no seu dia-a-dia.

Conheça aqui o resultado o resultado da votação dos objectivos de sustentabilidade para Águeda.

Fotografias do Fórum Participativo Águeda 21:

Fórum Participativo Águeda 21

Águeda 21 oferece iMeter a participante no Fórum

Terminado o Fórum Participativo foi o momento de realizar o sorteio do prémio que irá ajudar uma família de Águeda a melhorar a eficiência energética e a reduzir as emissões de CO2 – o aparelho iMeter.

Este aparelho permite analisar, em tempo real, os consumos globais de electricidade de uma habitação, permitindo assim, à família contemplada alterar os seus comportamentos reduzindo as suas facturas de electricidade em 15-20% do valor habitual. À solução de electricidade pode também adicionar-se uma medição dos consumos de gás e água, traçando-se um perfil de consumos semelhante a um “Electrocardiograma da Casa”.

Com esta oferta a equipa de Águeda 21 pretende demonstrar que todos os cidadãos podem contribuir com acções para a melhoria do desempenho energético do município.

Para saber mais sobre o iMeter clique aqui.

Fórum “Águeda 21 – Dez objectivos para Águeda mais Sustentável”

A Agenda 21 Local de Águeda e a Câmara Municipal convidam todos os interessados a participar no Fórum “Águeda 21 – Dez objectivos para Águeda mais Sustentável”, a realizar dia 17 de Novembro, pelas 18h00, na Escola Secundária Marques Castilho (Águeda).

O encontro servirá para definir os 10 objectivos que o Concelho pretende adoptar para ser mais sustentável (económica, social e ambientalmente).
Os participantes terão a oportunidade de ficar a conhecer melhor o Estado de Sustentabilidade de Águeda 2010 e de participar num debate alargado, com vista à identificação dos objectivos que consideram prioritários para tornar Águeda num Concelho com maior qualidade de vida, sem prejudicar o meio ambiente.

A sessão é aberta a todos os interessados e no final do encontro, entre os participantes, será sorteado um objecto ecológico!

Para conhecer melhor o que vamos debater neste encontro sugerimos que consulte o Estado de Sustentabilidade de Águeda 2010 (clique aqui ou peça um exemplar junto do Gabinete de Atendimento ao Munícipe da CM de Águeda).

O Fórum Águeda 21, é promovido no âmbito da Agenda 21 local de Águeda, um processo em que a CM de Águeda, Cidadãos e Organizações dos vários sectores de actividade trabalham em conjunto para elaborar estratégias locais de desenvolvimento sustentável.

Esta é uma oportunidade para fazer a diferença e discutir as suas ideias.

Participe!